terça-feira, 2 de setembro de 2014

Carências

Além da capacidade de amar, o que nos diferencia, como humanos, dos animais são nossas carências.
Temos carências, ou seja necessidades. Necessidades de sermos amados, tocados, admirados, elogiados, notados, encorajados e até repreendidos.
Deus nos fez seres sociais. A solidão não é inerente ao homem. Precisamos nos relacionar e somente nos relacionamentos estas necessidades poderão ser supridas.
O abraço, o beijo, o calor do corpo da pessoa amada é uma necessidade vital de seres que amam.
O carinho, o respeito, o encorajamento, a comunicação, o toque, nas relações familiares também sustentam e fortalecem a família.
O abraço, o incentivo, o diálogo, o elogio, a repreensão, a confidência e a lealdade são decisivos entre amigos.
Quando conhecemos a história de muitos que se desviaram do caminho do Bem ou causam danos a outros, ou ainda se enterraram em conflitos existenciais, veremos que na sua trajetória de vida não receberam estes alimentos emocionais e sobreviveram doentes da alma.
O momento vivido pela humanidade é de distanciamento, cada vez mais favorecido pelos meios da globalização e pela cultura do "fast", que leva o homem a uma vida cada vez mais solitária.
A família, este genial projeto de Deus, é o refúgio seguro dos que lutam pela sobrevivência e o refrigério para este mundo tenebroso e sufocante.
Entendendo tudo isso deveríamos valorizar e proteger mais a família e ser doadores de afetos, incondicional e indiscriminadamente, além de compassivos no julgamento do meu próximo.

SCM
Em 29/10/2013

4 comentários:

  1. Concordo. Temos que demonstrar nosso amor,todos os instantes, sejam eles tristes ou felizes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso Glauce. A questão também é que nos deixamos absorver pelas nossas próprias prioridades e acabamos engolidos pela insensibilidade, deixando de demonstrar amor, até para aqueles que estão perto.

      Excluir
  2. As nossas carências são supridas por Deus e por pessoas. As carências só serão supridas se investirmos em relacionamentos: num relacionamento com Deus e em relacionamentos com familiares, amigos, etc
    Quanto mais suprirmos as carências de outras pessoas mais as nossas carências serão supridas.
    Deus deseja ver as nossas carências supridas porque deseja ver-nos bem. Ele deseja o nosso melhor e a maior prova disso é que deu o seu Filho por nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Filipe, relacionamento é a palavra chave. Não podemos deixar-nos ser levados por este mundo, não investindo nos relacionamentos. Cristo investiu nos relacionamentos.

      Excluir