terça-feira, 4 de novembro de 2014


PRIORIDADES 1

Definir o grau de importância naquilo que diz respeito a mim é priorizar. Colocar em ordem as coisas que se referem a mim e privilegiar uma das outras, também defino como prioridade.
As minhas prioridades revelam quem eu sou. Há que se começar por se decidir entre pessoas e coisas. Parece obvio, mas não o é. Se não vejamos: num conflito, qual seria minha opção, preservar um amigo ou abrir mão de um bem inestimável?
O homem sem se dar conta, começa a estimar bens, a amar coisas e a sobrevalorizá-las. Alguns quando perdem um valioso bem revoltam-se contra Deus. Vejamos o exemplo de Jó, perdeu tudo, mas não se voltou contra o Criador.
Quantos casamentos acabam quando a vida material desaba? (“fiel até que as dívidas nos separe”). Quantos amigos se tornaram inimigos por conta de disputas materiais? Lembremos de Abraão que abriu mão da terra aparentemente melhor em favor do sobrinho ganancioso e manteve seu amor por ele manifesto em vários episódios posteriores.
Jesus nos ensinou a dar no lugar de emprestar, de dar sua roupa do corpo, de ser doador. O bem mais precioso para Deus é uma pessoa. Se somente uma pessoa precisasse, Jesus morreria por ela.
Pensemos no valor, para nós, de uma pessoa, um ser vivente, uma criatura de Deus. 
Priorizar Pessoas, do jeito que são. Deveríamos começar por aí.
SCM

18/06/2013

2 comentários:

  1. Parabéns, amigo. Como sempre, suas palavras contém muita sabedoria. Meu forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu amigo. Estarei postando mais 3 mensagens sobre este tema. Grande abraço. Deus te abençoe.

      Excluir