segunda-feira, 10 de novembro de 2014



PRIORIDADES 2

Escolhemos pessoas na frente das coisas. Deveríamos priorizar pessoas.
No nosso mundo, em tudo aquilo que nos cerca e com que interagimos, priorizamos pessoas entre as pessoas. Quem deveria ser minha primeira prioridade?
Poderia ser pai e mãe, esposa e filhos, parentes e amigos. Sim. Mas à frente destes quando colocamos Deus, estes se beneficiam. Amar a Deus sobre todas as coisas, depois o próximo como a si próprio, é o maior dos mandamentos.
Não é possível amar sem priorizar e sem se relacionar. O amor é consequência do relacionamento. Quanto mais conheço, mas me relaciono, mais posso amar.
Priorizar Deus nos relacionamentos é dar-Lhe maior valor, é acordar, levantar-se, caminhar e dormir com Ele. É usufruir do Seu colo. É ouvi-Lo, obedecê-Lo, separar tempo exclusivo para esta relação.
A família vem a seguir. Nele aprendo a me relacionar melhor com a família. Com Ele aprendo a ser melhor esposo, esposa, pai, mãe.
A família compõe-se de cônjuge e filhos. Os demais são parentes. Cônjuge é até a morte, filhos são passageiros. Os filhos chegam e um dia saem para constituírem suas famílias, enquanto o cônjuge permanece. Pelo menos assim deveria ser. Cônjuge sempre na frente dos filhos.
Relacionamento com cônjuge e filhos se aperfeiçoa e aprofunda na medida em que Deus é priorizado na minha vida pessoal e conjugal.
Faça isto e experimentarás a beleza do plano original de Deus para a família. Eu o fiz e te garanto, funciona.
SCM

19/06/2013

2 comentários: